Missão Dada, parceiro, é missão cumprida!

25 de dezembro de 2010 às 17:55 | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Nestes últimos anos, temos visto acontecimentos atípicos em nossa nação. Terremotos, tornados, invasões a morros e chuvas destruidoras. Sabemos pela Palavra que DEUS está falando conosco através destes acontecimentos chamando TODA a nação ao arrependimento.

Vamos analizar o texto de Levítico 26

“Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos, e os cumprirdes,
Então EU vos darei as chuvas a seu tempo; e a terra dará a sua colheita, e a árvore do campo dará o seu fruto…”

Do verso 1 ao 13, o Senhor nos mostra o que acontece quando andamos de acordo com seus estatutos, mas a partir do verso 14, Ele nos mostra o que ELE mesmo irá fazer caso não andemos segundo seus mandamentos.

“Mas, se não me ouvirdes, e não cumprirdes todos estes mandamentos,

E se rejeitardes os meus estatutos, e a vossa alma se enfadar dos meus juízos, não cumprindo todos os meus mandamentos, para invalidar a minha aliança,

Então EU também vos farei isto: porei sobre vós terror, a tísica e a febre ardente, que consumam os olhos e atormentem a alma; e semeareis em vão a vossa semente, pois os vossos inimigos a comerão…”.

Vale a pena observar que o Senhor mesmo irá colocar o Terror, a doença, e outras destruições caso não haja arrependimento.

Não é retalhação de satanás, é o próprio Senhor corrigindo seus filhos, querendo gerar arrependimento. Afirmo isso, observando todo o capitulo de Levitico 26, onde Deus usa a mesma frase por diversas vezes, “Se ainda assim com isto não me ouvirdes, tornarei a castigar-vos sete vezes mais por causa dos vossos pecados.

Em muitos acontecimentos em nossos dias, o Senhor está falando com toda a nação chamando os filhos ao arrependimento.

No final do mês de novembro, no Rio de Janeiro, aconteceu uma mega operação em algumas favelas que nunca vimos antes em toda história desta nação. A policia se uniu com o exército e invadiram os morros colocando os traficantes para correr. Creio que esta atitude da polícia, vem juntamente com uma ação no mundo espiritual, onde os anjos colocaram os demônios para correr.

Como não observar a mão do Senhor gerando “um só coração” entre polícia civil, militar, BOPE, exército e Marinha? Certamente o Senhor deu favor a estes homens para que o Reino d’Ele adentrasse os morros.

Com essa mobilização da segurança da terra, com a ação dos anjos no mundo espiritual, é hora da igreja do Rio subir os morros e levar o evangelho do Reino, fazendo as obras de Jesus, curando os enfermos, libertando os cativos, levando a salvação e a verdadeira Paz que é JESUS.

Curioso que, exatamente no momento em que eu estava escrevendo este post aqui em Belo Horizonte, prestes a ir na Igreja batista da lagoinha, eu visitava o orkut de uma amiga e entre os diversos recados dela, estava um vídeo com um testemunho da Ana paula Valadão sobre o BOPE.

Vale a pena ver este vídeo que confirma este meu sentimento da ação sobrenatural nos morros juntamente com a invasão dos policiais. O vídeo está no final deste artigo.

Muito bem, continuando. Eu observei algo muito interessante com tudo isso.

Cerca de um mês antes desta invasão no morro, fomos assistir ao fenômeno brasileiro “Tropa de Elite 2”. Gostamos muito e me parece que este filme profetizou a invasão nos morros. A cena que vimos na realidade, é exatamente o que acontece no filme. Vendo o noticiário, é como se estivéssemos assistindo novamente a saga do Capitão Nascimento.

Em meio ao filme, uma frase permaneceu martelando em minha mente: “Missão Dada, parceiro, é missão cumprida!”

Depois de passar dias pensando e tentando ouvir Deus, me permita fazer uma analogia.

Jesus aqui na terra, tinha uma missão, existia um propósito para Ele e em meio a sua vida, O Filho de Deus disse algo semelhante ao texto utilizado no filme:

Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra. João 4:34

Assim como no filme “Tropa de Elite” o “BOPE” tem uma missão e estes homens dão a vida dia após dia para cumprir esta missão. Nós, filhos de Deus temos um mandamento aqui na terra, de sermos como Jesus e fazer a vontade do Pai.

O Pai nos deu uma missão, estabelecer o Reino d’Ele aqui na terra e precisamos agarrar com unhas e dentes esta missão e declarar: Missão Dada, parceiro, é missão cumprida!

Muitos iniciam sua jornada cristã, com força e determinação, mas com o passar dos anos, vão desanimando e desistindo se tornando cristãos entre quatro paredes, pensando em sua própria vida, buscando seus próprios bens, correndo atrás da sua própria benção e vivendo o evangelho dos homens ao invés de viver o Evangelho do REINO de Deus.

TODOS NÓS temos uma missão aqui na terra, o Senhor nos deu a oportunidade de cooperarmos com Ele na implantação de Seu Reino.

Postanto, mediante a tantos acontecimentos em nossos dias, que este filme venha trazer para nós o entendimento e a lembrança que estamos numa guerra, lutando no exército do Rei dos Reis e com uma missão, e temos a certeza que neste exercito, Missão Dada, parceiro, é missão cumprida!

Vamos até o FIM.

Junte-se a nós nesta batalha, que 2011 possamos entrar com força nesta batalha.


E desde os dias de João, o Batista, até agora, o reino dos céus é tomado a força, e os violentos o tomam de assalto. Mateus 11:12


Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Pai ajuda-nos a cumprir a missão dada a nós.

  2. aleluia. Missão Dada, parceiro, é missão cumprida! Vamos até o FIM. 🙂


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: